in carreira, jives, my ass, networking, stalker

Turbine sua carreira

Stalkering no almoço. Não posso entrar em detalhes, mas acontece. Nego acha que a vida é um grande LinkedIn e qualquer “fala, mano” de três Mississipis é motivo pra garantir o networking. Considero o silêncio constrangedor caro demais.

Mas nego vem com papo caído me convencendo que o melhor a fazer é popularizar seu nome nas empresas próximas. E eu, na moral (só na moral), to cagando. Mesmo que seja legal manter uma boa relaçzzzzzzzzz… Espero não ter que encontrar horários vagos para comer. Almoçar com meu fone de ouvido e um bom disco do Bob Dylan vai estar na wishlist de 2011.

Comments are closed.