in jives, mudança, trabalho

Tempo de partir

Limpar a mesa é um negócio zoadíssimo na hora de ir embora, tanta gente pra lembrar, tanto abraço pra receber, pensar na herança dos meus post-its, do meu adesivo cheio de ódio colado na CPU. Foi difícil tentar escrever qualquer coisa aos amigos e talvez seja melhor ficar apenas com seus pequenos adeus na memória.

Uma música pra hoje: Explosions in the Sky, Our last day as children, bem no climão de despedida do escritório. Instrumental e inadequado como o meu ‘até logo’.

E um gif, pra simbolizar minha reação de hoje enquanto não paravam de me dizer: ‘po, é amanhã, hein’!

Não consigo emocionar todo mundo como aquele post de despedida do Leo. mas fica para uma próxima, prometo estudar mais.